Prefeitura comemora novo sistema de entrega de merenda já mostra resultados positivos na Educação.

Prefeitura comemora novo sistema de entrega de merenda já mostra resultados positivos na Educação.

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Educação, implantou há cinco meses a entrega ponto a ponto nas unidades escolares e regularizou a merenda escolar na rede municipal de Ensino, composta por 57 unidades escolares – 35 Emeis, 17 Emefs, duas Emefeis e três escolas parceiras.

A ideia foi implantada em fevereiro deste ano junto com o secretário municipal da Educação, Helter Rogério Bochi, fazendo com que o recebimento, o manuseio e o armazenamento dos alimentos por parte dos atendentes de escolas (merendeiros) fossem otimizados e economizados.

Com a mudança, os gêneros alimentícios que compõem a merenda escolar, principalmente a carne, passaram a ser entregues semanalmente pelo fornecedor na própria escola, sem passar pela Divisão de Alimentos (Cozinha Piloto).

“Podemos dizer que a merenda escolar servida nas escolas municipais está regularizada e é de grande qualidade. Hoje temos uma grande variedade, inclusive de carnes. Além da carne bovina e de frango, incluímos também a carne suína e de peixe. A merenda é de ótima qualidade e com esse novo método as escolas recebem os alimentos de forma regular e precisa. Estamos trabalhando para melhorar ainda mais a nossa educação e a merenda é com certeza fundamental no processo ensino-aprendizagem”, disse o prefeito Daniel Alonso.

O secretário municipal da Educação, Helter Rogério Bochi, afirmou que a entrega ponto a ponto era prioridade do município. “Decidimos implantar esse novo método, pois entendemos que poderíamos fazer essa entrega direta do fornecedor para as escolas. E hoje, vendo as escolas, está funcionando muito bem, deixando diretores, servidores e pais de alunos plenamente satisfeitos.”

Este novo tipo de entrega teve o apoio total do CAE (Conselho de Alimentação Escolar), como explica a presidente do órgão, Patrícia Felicíssimo Pereira. “O CAE está de pleno acordo com a entrega ponto a ponto, que facilitou as questões de recebimento, armazenamento e manuseio, principalmente da carne, que agora já vem em cubos e embalada pelo próprio fornecedor, não havendo risco de contaminação. Só temos que parabenizar a iniciativa da administração, pois desta forma a escola já recebe a quantidade apropriada para o consumo naquela unidade escolar.”

A preocupação com a qualidade da merenda é constante no CAE. “Atualmente a qualidade da merenda escolar é muito boa. Recentemente foram incluídos mais hortifrutis e as carnes suína e de peixe. Estamos trabalhando em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e estamos fazendo reuniões periódicas com a equipe da Divisão de Alimentos, equipe de nutricionistas e com a própria secretaria com objetivo de continuar fazendo os ajustes necessários no cardápio. A secretaria tem nos dado abertura e apoio para o desenvolvimento do nosso trabalho, com objetivo de sempre melhorar o cardápio e o próprio atendimento ao aluno”, afirmou a presidente do CAE.

O órgão é formado por 14 membros, sendo sete titulares e sete suplentes. A composição conta com representantes de professores, da Secretaria Municipal da Educação, da Câmara Municipal, de pais de alunos e da sociedade civil organizada.

ESCOLAS

A entrega ponto a ponto dos gêneros alimentícios, principalmente da carne, também foi aprovada pela rede municipal, cujas diretoras destacaram a mudança.

Para Giovana Rocha Leite Arruda e Michele Felisberto Faria, diretora e auxiliar de direção da Emei Mãe Cristina, respectivamente, a mudança facilitou o armazenamento e a própria preparação dos alimentos.

“Atualmente os alimentos já vêm na quantidade correta e são entregues semanalmente. Temos um freezer horizontal e fica bem prático a gente armazenar, pois a carne já vem desossada e embalada em cubos. A entrega da merenda está regular e só temos que parabenizar a todos por esta mudança que facilitou o trabalho das atendentes de escola”, disseram Giovana e Michele.

A Emei Mãe Cristina fica na rua Coronel José Brás, 536, bairro Boa Vista, na região central, e atende 92 alunos na faixa etária de quatro meses a dois anos. Possui seis turmas em período integral (das 8h às 17h) e conta com 34 servidores.

Já a diretora da Emei Criança Feliz, Ana Lúcia Jacob, destacou a pontualidade na entrega da merenda. “Com a entrega direta do fornecedor para a escola houve uma melhora significativa, pois hoje os alimentos chegam no dia correto e na quantidade certa. Isto facilita muito o trabalho. A própria atendente de escola recebe, confere a quantidade e, se houver qualquer diferença, a gente é informada e já resolve na hora com a própria empresa fornecedora, sem precisa passar pela Cozinha Piloto. Atualmente não existe desperdício, pois os alimentos vêm na quantidade correta e com entregas semanais e pontuais.”

A Emei Criança Feliz, que fica na avenida Guiomar Novaes, 155, no bairro Santa Antonieta, zona norte da cidade, atende 870 alunos na faixa etária de um ano a cinco anos, com total de 38 turmas em períodos parcial e integral, tendo 70 servidores.