Prefeitura investirá mais de R$ 13 milhões em infraestrutura

Prefeitura investirá mais de R$ 13 milhões em infraestrutura

Até o final do ano, a Prefeitura de Araçatuba dará início a uma série de obras e serviços no trânsito da cidade, cujo investimento total é de R$13.655.294,68. As ações a serem realizadas são recapeamento de ruas e avenidas em várias localidades, operação tapa-buracos, bem como revitalização semafórica e implantação de sinalização horizontal e vertical.

O processo licitatório para sinalização viária e recapeamento de ruas do bairro Concórdia, no valor de R$832.052,43, foi finalizado e está em avaliação pela Caixa Econômica Federal, assim como a licitação no valor de R$623.743,64 para realização dos mesmos serviços na rua Aguapeí. Assim que aprovados pelo agente financeiro, será autorizada a emissão das ordens de serviço.

As ações no bairro Concórdia contemplarão trechos das ruas Abrahão Vinhas, Vereador Sérgio Rosário Rodrigues, Sargento PM Valentim Cornacini Campos, Waldemar Osório Gabas, Airton José Felipini, Oscar Motta, Sargento Aparecido de Oliveira Soares e avenida Antônio Cavasana.

Além disso, processo licitatório no valor de R$959.666,37 para revitalização semafórica e uma licitação no valor de R$1.608.326,40 para serviços de tapa buracos estão em recurso de habilitação. Quanto ao primeiro processo, assim que for emitida ordem de serviço, pontos como o cruzamento da Avenida dos Araçás com a rua Duque de Caxias, da rua Cussy de Almeida com a rua Marcos Toquetão, e da Avenida da Saudade com a rua Cristiano Olsen receberão a revitalização. O encontro das ruas Quinze de Novembro e Olavo Bilac, por sua vez, ainda não conta com semáforo, mas receberá a instalação.

O bairro Claudionor Cinti, por sua vez, receberá investimento de R$642.592,79 em recapeamento asfáltico, cujos serviços terão início até o final do ano. Com isso, serão contempladas as ruas Abel da Silva, Doutor Edson Antônio Romera, Abelardo Azevedo Sacramento, Professor Newton Brasil de Lima, César Bombarda, Bruno Grenge, Raul de Almeida Moraes, Antônio Primo, Emílio Protetti, Adalberto Cunha Capella, Cassemiro Murari, Takeo Ito, Juracy Lima e Professor Antônio E. de Toledo. O processo licitatório acontecerá no dia 21 de junho.

Além disso, as avenidas Ibirapuera e Prestes Maia também receberão investimento em recapeamento e sinalização viária, serviços esses que iniciarão até dezembro de 2018. As ações nas vias serão separadas em três lotes, sendo o primeiro, no valor de R$202.125,59, referente a Avenida Ibirapuera e ao trecho da avenida Prestes Maia, que vai da rua Porangaba à rua Marcílio Dias; o segundo, no valor de R$257.948,60, abrangendo a avenida Prestes Maia, entre a rua Marcílio Dias e a rua Antônio Corbucci; o terceiro, no valor de R$358.108,04, referente ao trecho da avenida Prestes Maia entre a rua Antônio Corbucci e a rotatória Antônio Santana. O motivo da separação em lotes é por serem custeados com verbas oriundas de três emendas diferentes, o que implica na prestação de contas de cada uma individualmente.

No dia 20 de junho, será realizado processo licitatório, no valor de R$4.213.260,69 para recapeamento e sinalização viária de diversas ruas do município, sendo elas: avenidas Waldir Felizola De Moraes, Governador Mário Covas, alça de Acesso à Rua Baguaçú, ruas Aureliano Valadão Furquim, Regente Feijó, Bandeirantes, Humaitá, Aquidaban, Padre Lebret, Major Mendonça, Rio De Janeiro, Minas Gerais, Sergipe, rua Bahia, Aguapeí, Paraíso, Ssnto Antônio De Maria Claret, Marcílio Dias, Honório De Oliveira Camargo Jr., Travessa Praça Dr. Jaime De Oliveira, Avenida Ibirapuera e Rotatória José A. Rodrigues.

Além disso, plano de trabalho para recapeamento das ruas XV de novembro, Osvaldo Cruz e Campos Sales está na Caixa Econômica Federal para aprovação. Assim que autorizado, será iniciado processo licitatório no valor de R$750.000,00 para realização dos serviços.

A Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) liberou também R$3.207.470,13 para recapeamento no município. Após processo licitatório, os serviços serão realizados em diversas ruas e avenidas, como por exemplo, avenida Café Filho, ruas Pedro Janser, General Glicério e Rangel Pestana.

O secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, explica que todos os investimentos têm, no mínimo, 5% de contrapartida da prefeitura. “Os serviços de tapa-buracos dão grande suporte à conservação de pavimentos viários, já que, com esse conjunto de ações, recuperaremos ruas pavimentadas que estão deterioradas. Se elas não forem recuperadas logo, surgirá, no futuro, a necessidade de pavimentá-las outra vez”, explicou.

Os locais que receberão serviços de tapa-buracos serão indicados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, quando da emissão de cada ordem de serviço.